Tecnologia, um poderoso instrumento no combate ao aquecimento global 622

O início do ano de 2020 significa um marco na história da humanidade e do planeta. Muito se fala sobre o próximo ano que, além de ser o início de uma nova década, trará uma inevitável ordem de mudança sob a ótica do combate ao aquecimento global. Será necessário uma transformação da consciência coletiva sobre sobrevivência da nossa espécie no planeta Terra; envolvendo todas as pessoas na solução de um problema que é real, imediato e coletivo, e que afeta não só as gerações atuais (boomers, X, Y e Z) como as próximas, que já nascerão em épocas de maior desequilíbrio ambiental.

A necessidade de mudança em nossa forma de consumir recursos nos traz não só benefícios evolutivos, como somos compelidos a nos adaptar e buscar soluções mais sustentáveis, e é aí onde a tecnologia assume um papel de protagonista no combate ao aquecimento global.

Através de um caminho de pesquisas, testes, erros, acertos, e evolução contínua, adquirimos um conhecimento que permite que problemas complexos que custam tempo, dinheiro e impacto ambiental sejam resolvidos com mais qualidade e eficiência e consequentemente com menos recursos.

Tudo se transforma através da tecnologia: o LED permitiu o consumo de menos energia com muito mais eficiência em iluminação; os veículos elétricos que consomem energia de redes solar e eólica sendo mais eficientes que os carros a combustão (e sem emissões de poluentes); a digitalização de mecanismos financeiros , burocráticos e de comunicação; as criptomoedas; o reconhecimento facial, etc; inclusive coisas mais complexas como os retro-foguetes inteligentes, que se transformaram em um meio logístico entre a superfície e a atmosfera da Terra, lançando satélites que transmitem e monitoram cada vez mais informações.

O combate ao aquecimento global é uma tarefa que depende da colaboração entre pessoas, empresas e governos. Isso quer dizer que todos nós temos a responsabilidade de adotar hábitos e práticas mais saudáveis. Individualmente e coletivamente. E isso se alcança através do consumo sustentável e ecológico, quando optamos por produtos e serviços com baixo impacto ambiental, os quais oferecem pegada de carbono zerada ou ao menos mitigada.

Através da tecnologia somos capazes de desenvolver mecanismos financeiros, de monitoramento, rastreabilidade, transparência, materiais mais eficientes e ecológicos, máquinas que atuam na limpeza do meio ambiente, bactérias geneticamente programadas para consumirem plástico e mais uma infinidade de coisas que para serem implantadas em escala global.

Faça uma análise sobre o seu negócio, veja onde há oportunidade de usar mais tecnologia para melhorar não só seus resultados, mas para zerar a sua pegada de carbono.

Deixe uma resposta

Send this to a friend