Corridas de rua atraem público e patrocínio com ações ambientais 1531

Corridas-atraem-patrocinadores-com-cotas-verdes

As corridas de rua estão se tornando cada vez mais comuns, profissionalizadas e desejadas por amantes do esporte e amadores. E o aumento evidente na procura pela atividade se fundamenta, principalmente, em três motivos: busca por saúde, melhora na qualidade de vida e construção de um corpo sarado.

Além de abrir novas oportunidades de negócios para empresas de assessoria esportiva e profissionais de educação física, o boom no setor está sendo responsável por impulsionar, por tabela, o mercado de equipamentos, roupas e acessórios destinados ao segmento. Afinal, o número de adesões em cada corrida chega a ultrapassar, facilmente, a marca de 1.000 mil inscritos.

A paixão pelo esporte é tanta que até o ramo do turismo vem sentindo diretamente os reflexos positivos desse cenário. Isso porque muitas cidades que abrem espaço para esses eventos acabam por atrair pessoas de municípios vizinhos, às vezes de outros estados, que migram para realizar as provas – e se realizar!

Para termos uma melhor dimensão de como as corridas de rua evoluem a passos largos, a 2ª edição da SP City Marathon, realizada em 2017 na capital paulista, contou com 12.695 mil inscritos. Neste ano, ao se espelhar nas grandes corridas de nível global,  efetuar melhorias na organização e investir mais em ações promocionais, as 15.000 mil vagas para os percursos de 42 km e 21 km foram preenchidas com antecedência. Como resultado, a prova se consolidou como a segunda maior maratona do Brasil.

Público diversificado atrai patrocinadores

Com provas cada dia mais organizadas que oferecem belos percursos e inúmeras atrações paralelas, além de ofertar opções distintas para iniciantes e atletas profissionais – que podem escolher correr ou apenas caminhar trajetos longos a curtos –, a modalidade esportiva vem conquistando, inegavelmente, muitas pessoas.

Seja como participante (inscrito) ou acompanhante dos atletas de plantão, a faixa etária do público que movimenta o setor é bastante variada. Bem como o gênero e a classe social, já que as corridas atraem tanto homens como mulheres, e, na grande maioria, possuem valor de inscrição um tanto quanto acessível.

Logo, com o aumento vultoso no número de inscritos a cada prova realizada, as corridas de rua merecem, como nunca, ser olhadas com bons olhos por empresas que querem e precisam ser lembradas no mercado de atuação. Até mesmo porque uma coisa é fato: apenas o que está em destaque consegue obter visibilidade da mídia e chamar a atenção do público. E as corridas, como vimos, são a bola da vez no cenário esportivo!

Podemos dizer, portanto, que parcerias firmadas entre organizadores desse tipo de evento e patrocinadores podem ser muito valiosas e benéficas para todos os stakeholders envolvidos. Enquanto a organização consegue fundos para viabilizar a ação e fornecer qualidade estrutural aos atletas, as empresas patrocinadoras obtêm reconhecimento. E aí vale lembrar que uma marca cuja imagem seja forte pode vir a tornar-se sinônimo de um serviço ou produto, e, assim, se transformar em liderança de mercado.

Simplificando, se por um lado as verbas de patrocínio são fundamentais para o desenvolvimento do esporte (e de outros movimentos sociais e culturais), patrocinar um evento pode levar ao aumento no número de clientes, ajudar a reter aqueles que já são consumidores e garantir, como consequência, saudabilidade aos negócios.

Cotas verdes de patrocínio estão em alta

Existem diversos níveis e cotas para patrocinadores que querem investir em corridas de rua, seja para fins de obter espaço para inserção da logomarca nas camisetas, placas, banners e materiais de divulgação, ou para efetuar a distribuição de brindes. Mas as chamadas “cotas verdes” têm se mostrado a cereja do bolo quando o assunto é conquistar com efeito e eficiência todos os agentes englobados na ação – em especial o público final.

É que tanto os organizadores desse tipo de evento quanto as empresas patrocinadoras perceberam que agir visando tão somente obter lucratividade e visibilidade já não surte mais efeito. O desempenho social também vem sendo cobrado pelos participantes, e o meio ambiente é parte integrante deste questionamento. Daí a importância de adotar um enquadramento verde.

O consumidor, foco central e última ponta de todo e qualquer processo produtivo, vem substancialmente modificando seu comportamento. Mais crítico, exigente e consciente, vem fazendo uso do poder de compra que possui e impondo novo ritmo às negociações. Percebeu que ao estimular reais mudanças nas atitudes de fornecedores de produtos e serviços, todos ganham em dois quesitos:  melhores relações do homem com o homem, e do homem com a natureza.

Dentro desse novo contexto – que, diga-se de passagem, veio para ficar –, apostar em cotas verdes de patrocínio é duplamente assertivo. Primeiro porque o investimento certamente trará empatia, fidelização e retorno financeiro. Junto a isso, benefícios tangíveis na busca por melhorias ambientais serão alcançados.

Pioneira na distribuição de mudas de árvores nativas com identificação digital graças à adesão de patrocinadores de corridas que aderem aos planos de cotas verdes, a cidade de Campinas-SP está conseguindo chamar a atenção da mídia e competidores para sérios problemas que põem em risco a existência da humanidade, e que muito ouvimos falar na atualidade: o aumento excessivo dos níveis de poluição, cujos danos levam ao efeito estufa e, por fim, ao aquecimento global desenfreado.

Entregues no ato da retirada dos kits promocionais que são distribuídos aos inscritos geralmente no dia anterior à realização das provas, as mudas, comercialmente conhecidas como Árvore na Caixinha, têm feito verdadeiro sucesso. Não “somente” por incentivar pessoas a unirem o prazer de correr com o de plantar uma árvore, mas por permitir a contribuição ativa em prol do meio ambiente e por gerar um elo afetivo entre o público participante, o evento em si e empresas patrocinadoras.

Soluções criativas de Marketing Verde aliadas às boas práticas ambientais podem certamente ajudar a salvar o planeta. Entre em contato com a gente para conhecer mais sobre a Árvore na Caixinha e saber como inserir essa ideia cativante nas cotas de patrocínio verde do seu evento!

Deixe uma resposta

Send this to a friend