10 melhores plantas para purificar o ar em escritórios e casas 2929

Plantas-no-escritório-tornam-ambiente-mais-saudável

Prometemos, e cumprimos! Em nosso artigo anterior intitulado “Escritórios verdes” combatem Síndrome do Edifício Doente e levam a colaboradores mais produtivos, ficamos de trazer aos amigos leitores uma seleção com as melhores opções de plantas para serem cultivadas em escritórios.

Afinal, muito além de oferecer um pouco mais de vida e cor para ambientes de trabalho, tornando-os locais bem mais saudáveis e confortáveis para a execução das atividades diárias, vasos de plantas ajudam a combater a poluição atmosférica que tantos malefícios oferecem ao meio ambiente – seja em áreas abertas ou fechadas.

E não tem desculpa para começar hoje a encher de verde sua empresa! Com preços bastante acessíveis, as plantas que constam da relação que daremos a seguir podem ser facilmente encontradas em floriculturas, viveiros, supermercados e até mesmo em comércios que vendem um pouquinho de tudo.

E se você ainda tem dúvidas sobre a importância de ter “simples vasinhos” de plantas e flores no seu escritório, saiba que os benefícios por eles trazidos extrapolam a questão visual e ambiental. Estudos cientificamente embasados comprovam que pessoas passaram a render muito mais no trabalho depois que plantas foram estrategicamente posicionadas sobre mesas e dependências das empresas nas quais trabalham.

O assunto é tão sério que a agência espacial norte-americana NASA (sigla em inglês de National Aeronautics and Space Administration), em conjunto com a Associação de Empreiteiros de Paisagismos dos Estados Unidos, dedicou seu precioso tempo na realização de uma pesquisa que a levasse a saber quais são as melhores plantas para absorver as toxinas existentes no ar, de modo a purificar especificamente ambientes internos.

Isso mesmo! A atuação da NASA não se resume tão somente a descobertas sobre o espaço. Para auxiliar na preservação da raça humana e seu habitat, às vezes eles estudam coisas bem terráqueas. E, inegavelmente, melhorar a qualidade do ar que hoje respiramos é uma necessidade vital.

Pronto para escolher as plantas com as quais mais se identifica e, assim, tornar menos estressante e nocivo à saúde o ambiente na sua empresa!? Veja abaixo uma incrível lista com 10 espécies para serem cultivadas em escritórios – e residências também! –, para quais lugares elas são indicadas e, ainda, alguma dicas para bem cuidar delas.

1. Pleomele

Uma das plantas para purificação do ar em interiores mais recomendadas pela Plants for Clean Air Council (PCAC), organização que resultou do projeto de pesquisa originalmente conduzido pela NASA, a Pleomele é extremamente eficiente na remoção de compostos tóxicos do ar como formaldeído, benzeno, tolueno, xileno e tricloroetileno. Muito vistosa, pode ter as folhas com as bordas brancas ou em tom verde-limão, sendo amplamente adotada no paisagismo. Sensível ao frio intenso, deve ser plantada em vasos dispostos à meia-sombra ou luz difusa, com solo fértil e drenável, e ser irrigada regularmente. Caso comece a perder folhas, é só posicioná-la em ambiente mais claro, mas não diretamente ao sol. Nome científicoDracaena reflexa.

2. Espada-de-São-Jorge

Também eleita pela NASA como uma das plantas mais eficientes para produção de oxigênio e purificação do ar, assim como a Espada-de-São-Jorge, a Lança-de-São-Jorge é uma espécie muito querida dos brasileiros pela simbologia de proteção e por proporcionar limpeza astral. Com folhas cilíndricas, rígidas e verticais, fica linda ornamentando vasos, jardineiras e canteiros. Muito resistente, pede pouca água e suporta ambientes com ar-condicionado. Adora ficar à meia-sombra, mas também vai bem quando cultivada sob sol pleno e luz difusa. Nome científico: Sansevieria cylindrica.

3. Clorofito

Os níveis de oxigênio se mantêm sempre altos com a presença de Clorofitos. Capaz de absorver odores e fumaça, essa planta favorece a criação de um ambiente mais leve e menos tenso, sendo mais do que indicada para escritórios, até mesmo por tolerar ar-condicionado. De fácil cultivo, é pouco exigente em manutenção e indicada para vasos, jardineiras e cestas suspensas, onde seu aspecto pendente é valorizado. Devem ser cultivadas sob sol pleno ou meia-sombra, com regas regulares. Nome científico: Chlorophytum comosum.

4. Zamioculca

Uma das plantas mais usadas em ambientes internos por ter folhas brilhantes e ser bastante resistente a ar-condicionado, a Zamioculca continua bonita mesmo que não receba os cuidados adequados. Deve ser regada somente uma vez por semana e ficar a meia-sombra ou luz indireta, de modo a evitar exposição ao sol para que não tenha suas folhas queimadas. Sobrevive até em corredores pouco iluminados. Nome científicoZamioculcas zamiifolia.

5. Filodendro

Planta tipicamente brasileira com ampla capacidade de absorver substâncias químicas, de modo a purificar o ar, existem diferentes tipos de Filodendro. Mas, bem mais fáceis de cuidar e manter em ambientes internos, a recomendação é optar por aqueles que têm folhas com formato de coração (como a espécie cascata). Ideal para ser plantado em vasos ou cestas pendentes, caso seja cultivado como trepadeira, é preciso utilizar um suporte que além de fixo seja poroso. Essa é a melhor forma de garantir que a folhagem irá não só subir, mas ficar bem fixa. Fica lindo envolto em troncos naturais vivos ou mortos, assim como em paredes que não possuam acabamento ou outras superfícies como rochas porosas. Gosta de ambientes bem iluminados, mas dispensa raios de sol diretos, e deve ser regado quando a camada superficial da terra estiver seca. Nome científicoPhilodendrom hederaceum.

6. Jade

Planta do tipo suculenta, a Jade parece uma árvore em miniatura. Também conhecida como Árvore da Vida ou da Felicidade, devido principalmente à sua durabilidade que é muito extensa, quando floresce dá flores pequeninas e perfumadas em um tom verde-azulado único. Opção ornamental exuberante, não exige cuidados minuciosos por pedir pouca água e ficar bem tanto ao sol quanto à sombra. Indicada para ser cultivada em vasos dos mais variados tamanhos ou diretamente no solo em jardins de inverno, beirais de janelas, jardineiras, sacadas, pequenos jardins etc., fica bonita o ano todo. Nome científicoCrassula ovata.

7. Singônio

Classificado como uma das 50 melhores plantas de interior para limpar o ar, o Singônio é peculiar pelas nervuras brancas em folhas jovens. Devido ao seu formato, é muito usado para decoração em vasos e como forragem em jardins. Neste caso, se espalha como trepadeira e é ideal para camuflar paredes sem acabamento, com tinta descascando ou manchas de infiltração. Deve ser cultivado à meia-sombra e regado com frequência para manter a terra úmida, mas o encharcamento do solo pode levar a podridão da raiz. Nome científicoSyngonium angustatum

8. Areca-bambu

Uma das plantas mais populares para interior e a campeã entre as palmeiras nos quesitos fornecer oxigênio e remover gases tóxicos, a versatilidade da Areca permite cultivo em vasos, jardins ou canteiros, na sombra ou meia-luz. Se exposta ao sol, suas folhas ganham coloração amarelada, por isso a preferência por luz indireta, para ficar mais vistosa e verdinha. Precisa ser regada regularmente e não deve ficar em ambientes com ar-condicionado intenso. Para que não cresça demais, a dica é podar os ramos novos que surgem de tempos em tempos. Nome científicoDypsis lutescens

9. Lírio-da-Paz

Clássico entre as plantas, o Lírio-da-Paz tem grande potencial calmante e elevado poder de purificação do ar. Quando plantado em vasos pode chegar a no máximo 50 cm de altura, sendo a escolha perfeita para quem deseja uma planta com beleza peculiar, de pequeno porte. Além de produzir lindas flores, possui folhagem brilhante que gosta de ambientes úmidos. Assim, para manter-se sempre saudável, precisa de regas constantes, e, se cultivado em locais com ar-condicionado, evitar exposição direta à saída de ar é indicado. Apesar de ser uma das poucas plantas que florescem na sombra, gosta de claridade. Mas não deve ser exposto ao sol para que suas delicadas folhas não se queimem e fiquem amareladas. Nome científicoSpathiphyllum wallisi.

10. Ivy

E para fechar com chave-de-ouro a lista de plantas para embelezar e melhorar a qualidade de vida em escritórios, não poderíamos deixar de citar a Hera. Espécie com incrível capacidade de filtragem do ar e absorção de produtos químicos, contribui – e muito! – para reduzir a quantidade de mofo comumente existente em ambientes fechados e desconfortos dele decorrentes, como alergias e irritações no pulmão. A Ivy é um tipo de hera facilmente adaptável, que pode crescer junto à parede ou ser colocada em vasos suspensos. Perfeita para temperaturas moderadas e luminosidade média, gosta de ser posicionada próxima a janelas, contudo, sem exposição direta ao sol. Pulverizar as folhas com alguma frequência garante beleza constante. Nome científico: Hedera helix.

Sabemos que rotinas de trabalho podem ser, por vezes, exaustivas. Mas ainda bem que a natureza é bastante sábia e muitos benefícios tem a oferecer no intuito de tornar tudo mais agradável e leve.

Comente aqui a sua planta preferida, tire fotos do seu cantinho verde no escritório e publique nas redes sociais marcando nossos perfis no Facebook (Anubz Innovatuve Solutions e/ou Árvore Na Caixinha) e Instagram (@anubzdna e/ou @arvorenacaixinhaoficial). Queremos muito replicar sua iniciativa de forma a incentivar outras empresas a cultivarem ambientes laborais mais saudáveis. Se cada um fizer sua parte viveremos, com certeza, em um mundo muito melhor!

Deixe uma resposta

Send this to a friend