Marketing verde: já pensou na sua estratégia? 951

árvore-na-caixinha-para-marketing-verde

Em tempos em que os recursos naturais disponíveis estão cada vez mais escassos e diante da necessidade crescente de orientação ecológica, uma técnica diferenciada de marketing vem ajudando empresas a se manterem com solidez em um mercado desafiador e altamente competitivo. Estamos falando do Marketing Verde que, além de promover a imagem institucional das organizações, influencia diretamente na decisão de compra dos consumidores – cada dia mais preocupados com o posicionamento das empresas em relação ao impacto das mudanças ambientais no planeta.

Com a premissa de orientar e educar, ações de Marketing Verde são vistas com bons olhos por agregarem noções de consciência ecológica à informação. E toda informação, quando bem-intencionada e direcionada, desempenha um papel fundamental no processo cultural de comportamento de compra, sendo decisiva para lançar vantagem frente aos concorrentes. Isso acontece pela exigência do consumidor que cresce na mesma medida do seu acesso à informação.

Se posicionando, pois, como ferramenta extremamente poderosa de gestão de mercado, o Ecomarketing – como também é conhecido – faz uso de estratégias relacionadas à redução de matérias-primas, uso de compostos recicláveis para a produção de produtos e embalagens, plantio de árvores para neutralizar a emissão de gás carbônico e comunicação interna e externa que estimulam práticas diárias de hábitos menos impactantes ao meio ambiente, bem como formalizar parcerias com empresas e fornecedores que adotam a mesma postura, entre outras ações.

As empresas que compreendem e agem com mecanismos ecologicamente corretos auxiliam o consumidor a entender que, para além das questões mercadológicas, existe um cuidado e respeito genuínos com o todo, desde a concepção de ideias verdes em sua essência às práticas operacionais, como o uso de tecnologias sustentáveis. E é isso que torna o Marketing Verde fundamental no planejamento do marketing tradicional.

A criação e manutenção de florestas urbanas é, por exemplo, um amplo campo a ser explorado pelo Marketing Verde. Especialmente em grandes metrópoles, onde a qualidade de vida da população está fortemente atrelada à presença de áreas verdes. A adoção de praças, jardins, ações de reflorestamento de bancos de áreas verdes e vias públicas, inclusive, já é bastante utilizada por diversas empresas!

Pioneira no uso de sistema de identificação digital de árvores como o SiD para melhorar ainda mais a experiência nesse formato de ação, a cidade de Campinas-SP já conta – e se beneficia – com inúmeros projetos do tipo. Uma estratégia sustentável, interativa e de alta percepção de valor por parte não só das empresas que contratam o sistema, mas de toda a população e prefeitura municipal.

Pronto para traçar sua estratégia de Marketing Verde?

Deixe uma resposta

Send this to a friend